.Pesquisar

 

.A Equipa



Erótica
23 anos, ruiva, olhos verdes

Poderoso
27 anos, loiro, olhos azuis

Membro Vadio
26 anos, moreno, olhos verdes

.Desejos Recentes

. C - Aventuras de um casal...

. H - esqueleto

. C - Aventuras de um casal...

. F - tanguinha

. C - Aventuras de um casal...

. F - Pétalas

. C - Eu, minha mulher e um...

. D - Livro

. F - De renda

. H - carrasco

. C - Tarde de swing bem pa...

. C - Na casa da minha tia

. F - Bujon

. F - anda cá, és tão boa

. Cocktail CÚ LIVRE

. C - (Lesb) - Amiguinhas n...

. O estrangeiro e a minha m...

. H - Vista distorcida

. F - cuzão

. Namorada no cinema

. F - As tuas costas

. H - até o tronco

. F - lava o dentinho

. Primeiro anal

. F - Na água

. Um pedido muito especial ...

. F - belas mamas

. Um pedido muito especial

. F - atrás da rede?

. Cocktail LEVAR NO ABACAXI

. F - Lia de vermelho

. H - splash

. F - vestido ousado

. Reunião de negócios

. F - Papo

. Cocktail ORGIAS

. F - olha a racha

. F - vermelhinho

. H - claques

. F - Cú da Lia

.Desejos Passados

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

Top Blogs

Quarta-feira, 5 de Abril de 2006

C - Fúria selvagem


Há um ano, mais ou menos, meu relacionamento com meu marido ficou muito ruím. O “stress” causado pelo excesso de trabalho e os mil problemas que todo casal enfrenta diariamente, transformaram nossa vida sexual primeiro numa rotina sem graça e depois num zero a esquerda.
Eu e Rodrigo praticamente paramos de transar. Só que eu não parei de sentir tesão. Afinal, sou uma mulher saudável, de menos de 30 anos e com uma xoxota palpitante - para dizer o mínimo.
Assim, quando um colega do escritório começou me paquerar, não tive muita força para resistir ao assédio. Dei logo o que ele queria e recebi em troca o que eu queria. Foi uma trepada quentíssima, num dos melhores móteis de São Paulo. E, como detesto mentir e meu casamento estava agonizando mesmo, abri o jogo. assim que meu marido começou a me apertar com perguntas: “confessei” que tinha ido para cama com outro.
Rodrigo ficou branco. Pensei que fosse pular da sua poltrona para a minha e me estrangular. Mas, ele apenas ficou de pé na minha frente, tapando minha passagem e me fuzilando com o olhar.
- Com quem você me traiu?
Havia tanto ódio na sua voz e tanto desânimo em mim, que achei melhor responder logo e acabar depressa com a última cena de um casamento fracassado:
- Com Tony, um colega do trabalho.
- Você o ama ou foi só uma transa de momento?
Eu mesma não sabia. Nunca fui de me entregar a qualquer um só por tesão, mas em relação a Tony eu sabia que ele havia me usado, e que eu o havia usado também. Transar com ele foi muito bom, mas nem me passou pela cabeça estar sempre ao lado dele.
- Eu amo é você, Rodrigo. - respondi honestamente. - A gente não está mais se entendendo, mas eu amo é você!
- Mas gozou com outro! - acusou ele, pondo as duas mãos sobre os braços da poltrona, me prendendo ali. - Não gozou?
- Transar com ele foi muito gostoso, sim. Eu estava… precisando me sentir querida.
- Pára de romance! Você estava precisando era de uma pica dura nessa sua buceta insaciável! Ou foi no rabo?
Se Rodrigo estivesse disposto a me bater ou até a me matar, tanto fazia o que eu lhe respondesse. Por isso, resolvi ser absolutamente sincera e não omitir nada:
- Não, Rodrigo. Tony não me comeu a bunda, não. O pau dele era grosso demais pro meu cuzinho apertado.
- Maior que o meu? Rodrigo estava tão perto de mim que nossas pernas se tocavam, seus berros pressionavam meu ouvido, seu hálito invadia minhas narinas.
- O seu é muito mais comprido. O dele é grosso, mas curto. - respondi, sabendo o quanto os homens são inseguros e sensíveis a respeito da própria pica.
Ao falar de pau, olhei para o meio das pernas de Rodrigo, num gesto instintivo. E então, surpresa, notei que meu marido estava de pinto duro! Por incrível que pareça, o que podia ser nossa última briga, o deixava tesudo. Fingi não ter percebido e, já sem medo, comecei a falar mais abertamente ainda:
- O pau do Tony é tão curto que ele preferiu por na boceta por trás, prá poder chegar bem no fundo. E dava estocadas vigorosas, que pareciam me rasgar por dentro, apoiando-se com as mãos nos meus quadris, depois nos ombros e finalmente passando um braço pela minha barriga e me fazendo carinho no grelo com a mão livre…
Dei outra olhada discreta na virilha de Rodrigo e percebi que seu pau já estava pedindo um buraco onde esporrar. Resolvi jogar uma indireta:
- Tony fode gostoso, mas como o pau dele é muito grosso só pude lambê-lo. E você sabe o quanto eu gosto de ser fodida na boca…
Aquilo funcionou como um “abre-te-sésamo”, uma palavra mágica que fez Rodrigo tirar a rola para fora da calça. Na posição em que estávamos - eu sentada e ele em pé na minha frente - a chapeleta vermelha e brilhante ficou bem ao alcance da minha boca.
- Se quiser, sirva-se. - disse ele ainda falando com raiva.
Umedeci bem os lábios e abocanhei a glande acetinada e gostosa. Passei a língua embaixo dela, demoradamente, até Rodrigo me pegar pela nuca e escorregar o pau para a minha garganta. Ele começou então a jogar os quadris para a frente e para trás, enquanto eu mexia a cabeça para a esquerda e para a direita. Senti a pica crescendo ainda mais entre minhas bochechas e o gosto das primeiras gotinhas de porra. Abracei Rodrigo pela bunda e fiquei imóvel, esperando o jato do seu gozo que logo veio, denso e quente, e me afogou.
Eu também tive o meu orgasmo, pois sou muito sensível e ficara super excitada com aquele lance de contar minha trepada. A chupetinha, então, foi o bastante para me fazer gozar. Mas escondi isso de Rodrigo, pois queria mais, muito mais. - Me fode, Rodrigo. - pedi acariciando o pau que amolecia aos poucos. - Estou morrendo de saudade!
Ele relutou um pouco, mas afinal abriu o jogo:
- Eu te prometo a melhor trepada de tua vida… se antes você… Bem, se você contar mais como foi com o outro!
- Que outro? - negociei, fingindo ingenuidade e sem deixar de punhetá-lo, para manter vivo seu interesse.
- Ele mordeu seus peitos? Apertou sua bunda?
- Hum-hum! E me lambeu inteirinha nas axilas, no cu, no grelo…
O pau de Rodrigo crescia na minha mão. Sem parar de falar, tirei-lhe a calça e a cueca. Fiquei brincando com a rola e os bagos enquanto contava detalhes da minha transa com Tony:
- Ele metia na buceta e tirava sem gozar e me mandava lamber o pau dele prá eu sentir o gosto da minha xota. Depois beijava minha boca pra sentir o próprio pau… E ficava doido de tesão e fodia com força, agarrando minhas ancas, fungando no meu ouvido…
- E você gozou sem parar, não é? Pois agora você vai receber o que merece. Obrigou-me debruçar sobre a mesa, com as nádegas bem erguidas, e me deu várias palmadas, tão fortes que me arrancaram lágrimas. E me deixaram mais tesuda ainda. Minha vagina já estava ensopada quando ele afinal separou bem minhas coxas e enfiou, por trás, o caralho pelo qual eu tanto ansiava. Gozei imediatamente, ao senti-lo todo dentro de mim, cutucando meu útero. E tive vários outros orgasmos com o fuque-fuque daquela vara comprida nas minhas entradas. Mas Rodrigo se segurou para acabar nas minhas tripas. Mantendo-me na mesma posição, com o tórax sobre o tampo da mesa e a bunda arrebitada, invadiu meu cu com a rola lubrificada pelas minhas próprias secreções.
- Isso ele não te deu, não é?
Nem respondi, rebolando na ponta do pau e gozando tão intensamente que tive medo de não aguentar nas pernas. E afinal senti que Rodrigo esguichava dentro de mim, urrando de prazer também por estar se sentindo um vencedor. Comera meu cu, o que Tony não fizera.
Desde aquele dia, tenho transado eventualmente com outros homens e contado tudo a Rodrigo. As vezes até exagero. Ele fica doente de ciúme, e afinal me fode como um alucinado. Me fode com uma fome de um selvagem!


Simone - Joinville/SC


Orgasmo de erotico.sensual às 20:04

Ligação sexual | Geme aqui | Guarda lá isto
|

As melhores gajas no teu mail!!
As maiores cenas de hardcore!!
Pede já!
E começa a receber amanhã!

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
15

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Fogosidades

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds